Alerta de Segurança: Malware BrasDex ataca usuários do Pix, colocando transações bancárias em risco

Compartilhar em:

Pix, a popular plataforma de transferências bancárias no Brasil, está enfrentando um novo desafio: o malware conhecido como BrasDex

Esse software malicioso tem como alvo dispositivos Android e se infiltra nos smartphones por meio de links ou mensagens suspeitas. Uma vez instalado, o BrasDex intercepta transações feitas via Pix, alterando o destinatário e o valor sem o conhecimento do usuário.

Especialistas em cibersegurança alertam que o foco principal do BrasDex são os bancos brasileiros, aproveitando a inexperiência do usuário e explorando vulnerabilidades. O crescimento dos cibercrimes no Brasil é preocupante, colocando o país no topo do ranking de ataques de malwares na América Latina, de acordo com estudo da empresa de segurança Kaspersky.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ressalta que os aplicativos bancários possuem alto nível de segurança em todas as etapas, desde o desenvolvimento até o uso, e não há registros de violações de segurança. A utilização da senha pessoal do cliente é obrigatória para garantir a autenticidade das transações.

Com o avanço tecnológico, os criminosos têm se aproveitado de ferramentas como inteligência artificial, como o ChatGPT, para aprimorar suas táticas fraudulentas. A segurança digital e a conscientização do usuário são fundamentais para proteger-se contra ameaças cibernéticas cada vez mais sofisticadas.

A Febraban recomenda aos clientes que descartem mensagens suspeitas enviadas em nome dos bancos, solicitando a instalação de aplicativos ou manutenções. É essencial que os clientes mantenham seus dispositivos e aplicativos sempre atualizados, a fim de garantir proteção adequada contra ataques de malwares. Além disso, é importante não armazenar senhas nos dispositivos e sempre verificar as orientações de segurança divulgadas pelos bancos e pela Febraban. Seguir essas práticas contribui para manter a segurança e a integridade das transações bancárias.

VOLTAR

No cenário digital atual, a segurança da informação é vital para qualquer negócio. Diante de uma crescente lista de ameaças cibernéticas, a gestão de vulnerabilidade é uma ferramenta crucial para as empresas que desejam proteger seus dados e recursos digitais. 
Apenas 5% das empresas possuem um especialista em segurança cibernética com assento no conselho de administração, apesar de inúmeros estudos comprovarem existir uma forte correlação entre uma robusta proteção dos sistema e um desempenho financeiro significativamente superior, segundo um novo relatório da Diligent e Bitsight.
Pix, a popular plataforma de transferências bancárias no Brasil, está enfrentando um novo desafio: o malware conhecido como BrasDex Esse software malicioso tem como alvo dispositivos Android e se infiltra nos smartphones por meio de links ou mensagens suspeitas. Uma vez instalado, o BrasDex intercepta transações feitas via Pix, alterando o destinatário e o valor sem o conhecimento do usuário.
Rolar para cima